terça-feira, 20 de abril de 2010

Olhos de Vampa



Um dos primeiros filmes de horror do período da retomada do cinema brasileiro. Infelizmente, não acho que passe muito de um "Bento Carneiro" metido a besta. Mas isso sou eu que acho. Muita gente boa gostou do filme. Veja alguns links:

Olhos de Vampa (texto de Laura Cánepa)
Olhos de Vampa (texto de Eduardo Valente)
Ficha técnica completa da Cinemateca Brasileira do filme OLHOS DE VAMPA (1996/2002), de Walter Rogério

5 comentários:

  1. Não sou fã do filme, mas discordo dessas críticas que o abordam meramente como um 'terrir'. Eu esperava ver um filme hilariante, anárquico, algo no estilo de Ivan Cardoso, mas achei OLHOS DE VAMPA até melancólico, trágico, deprimente às vezes. O vampiro me lembrou muito o longa-metragem de Kolchak no qual o repórter combate um vampiro que tem esse mesmo perfil melancólico. O filme poderia ser muito melhor, caso investisse com mais coragem na morbidez do fotógrafo, que se torna obcecado pelas imagens das garotas mortas, mas isso é mencionado apenas de passagem na trama. Talvez o filme seja pouco conhecido porque não corresponde à idéia de um terrerotismo e nem se apresenta como um horror existencial. Fica no meio-termo e acho que ainda não encontrou seu público.

    ResponderExcluir
  2. assino embaixo, Primati! o filme fica em cima do muro e ainda desenvolve muito mal as obsessões e o próprio personagem do Vampa.

    ResponderExcluir
  3. Eu quase assisti esse filme, e cada dia que passa fico mais desencorajado...

    ResponderExcluir
  4. Blob, só pra constar, eu não acho esse filme ruim não. Defeitos ele tem, como praticamente todos os filmes brasileiros que se aventuram pelo horror (é flagrante como a falta de tradição no gênero age contra essas investidas esporádicas...), mas o que me incomoda de fato são as resenhas que o tratam como um 'terrir', uma 'comédia de vampiros', de gente que supostamente viram o filme (quero deixar claro que nem li as resenhas dos links indicados pela Laura, então não sei o que eles escreveram!). Entre os detalhes interessantes está o mistério dos pêssegos e outras coisinhas. Quanto ao humor, as piadinhas que tem no filme são do tipo que vemos em qualquer filme de terror 'sério'.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo29.7.10

    Esse filme é ridículo, estamos muito longe de chegar a filmes de horror americano. Não que todos os filmes americanos sejam bons (eles afunilam muito quando mandam para cá), mas essa droga está mais ruim do que Os Tomates Assassinos e mais "sem sal" do que Turistas. A única parte que eu me borrei de rir foi a parte em que o cara entra no quarto e um corvo com luzes vermelhas nos olhos começa a se balançar, afs, como diria o Chacrinha: Sai daqui carniça.

    ResponderExcluir