quarta-feira, 21 de abril de 2010

Prata Palomares



Um dos melhores filmes marginais, e também o mais próximo de um Jodorovsky que o cinema brasileiro de longa-metragem já chegou.

Prata Palomares (Texto de Arthur Autran)
Prata Palomares (Texto de Leandro Caraça)
Cinema Marginal? (Texto de Jean Claude Bernardet)
Prata Palomares na Wikipedia
Ficha técnica completa da Cinemateca Brasileira do filme PRATA PALOMARES (1971), de André Faria Jr.

2 comentários:

  1. Gostei do ponto de vista do Leandro, mas meu comentário não saiu publicado no blog dele.

    Também costumo dizer que a fraqueza do SNUFF de Reichenbach/Cunha é a ridícula morte com arma de fogo, apesar de o cartaz ter um assassino com uma faca na mão!

    PRATA PALOMARES é uma das coisas mais assustadoras que vi, aumentou ainda mais o medo que tenho daquela época. Acho que era impossível não ser paranóico naquele cenário!

    ResponderExcluir
  2. eu até gosto do SNUFF, mas pela piada que ele faz com o fato de que nem um snuff podia dar certo com uma equipe brasileira naquela época...

    PRATA foi uma das minhas melhores surpresas com o cinema marginal.

    ResponderExcluir